Polícia investiga fraude em documento que pede a cassação de Sirineu

O documento protocolado na Câmara de Sumaré que pede a cassação do vereador Sirineu Araújo (PL), que é investigado por assassinato, virou caso de polícia por fraude. A suspeita surgiu após o suposto autor, Irildo de Campos, conhecido como “Chicão”, registrar um boletim de ocorrência por falsidade ideológica.

Morador da Chácara Bela Vista, ele relatou no dia 11 de setembro à Polícia Civil que foi informado que no dia 5 de setembro foi lido um requerimento na Câmara de Sumaré, em seu nome, pedindo a cassação do vereador. Posteriormente, Chicão teve acesso às gravações e afirmou que “não enviou” o requerimento ao Legislativo de Sumaré.

Irildo afirma na ocorrência que entrou com pedido de Certidão de Inteiro Teor ao Legislativo com o intuito de descobrir a procedência do documento. Ele relata que “nunca subscreveu qualquer pedido ou protocolo à Câmara Municipal de Sumaré ou a qualquer órgão público”.

Os vereadores de Sumaré aprovaram o afastamento por 60 dias do vereador Sirineu, no início do mês. Os parlamentares rejeitaram na sequência o recebimento de um pedido de cassação do mandato de Sirineu.

O afastamento foi colocado em votação no início da sessão e aprovado por unanimidade. Na sequência, os vereadores rejeitaram o pedido para cassar o mandato de Sirineu. Com a rejeição do pedido de cassação, o documento foi automaticamente arquivado.

A Câmara de Sumaré afirma que os documentos foram apresentados por meio eletrônico, e “instruídos com todos os documentos necessários para leitura em plenário”. De acordo com a Câmara, “a eventual existência de fraude compete à averiguação policial”.

População participa de Audiência do Plano Diretor no Ângelo Tomazin

A Prefeitura de Sumaré realizou nesta terça-feira a segunda Audiências Públicas da Revisão do Plano Diretor de Sumaré ocorrida na EM (Escola Municipal) Professora Flora Ferreira Gomes, na Rua Adélia Bellonci Tomazim, 133, Jardim Ângelo Tomazin e contou com ampla participação popular. A população tirou dúvidas e opinou sobre o projeto.

Nesta quarta-feira (13/09) a audiência acontece na EM José de Anchieta, na Rua Geraldo de Souza, 157, no Jardim Carlos Basso, às 18 horas. O Executivo de Sumaré já promoveu três audiências sobre o tema nos dias 7, 8 e 9 de agosto, cujos encontros tiveram grande adesão popular.

PARTICIPAÇÃO

Autoridades, entidades de classe, integrantes de conselhos municipais, organizações da Sociedade Civil, estudantes e a população em geral podem participar. O edital de convocação das audiências foi publicado na edição do dia 20 de julho do Semanário Oficial do Município.

A Audiência será presidida pelo secretário de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão Estratégica, Aparecido Fernandes da Silva, com apresentação sobre “A Importância do Plano Diretor”. E exposição da Proposta do Projeto de Lei de “Revisão do Plano Diretor”, à cargo da arquiteta da secretaria de Planejamento, Mara de Paiva Garzeri.

Os trabalhos serão registrados em ata a cada audiência e, ao final dos trabalhos, assinados pelo presidente, expositora e demais interessados. Todos os participantes deverão registrar a presença, mediante o preenchimento de formulário próprio a ser disponibilizado na entrada da sala onde ocorre a Audiência Pública, com a indicação do nome, endereço, telefone, e-mail e nome da empresa, entidade ou órgão que represente se for o caso.

Os participantes podem enviar sugestões e dúvidas através do e-mail: planejamento@sumare.sp

Audiência sobre novo Plano Diretor tem ampla participação no Cruzeiro

O primeiro dia do novo ciclo de Audiências Públicas da Revisão do Plano Diretor de Sumaré ocorrida no bairro Cruzeiro, região rural, na noite desta segunda-feira (11/09), contou com ampla participação popular. A audiência aconteceu na EM (Escola Municipal) D. Augusta Ravagnani Basso. A população tirou dúvidas e opinou sobre o projeto.

Nesta terça-feira (12/09), o encontro acontece na EM Professora Flora Ferreira Gomes, na Rua Adélia Bellonci Tomazim, 133, Jardim Ângelo Tomazin. E no dia 13, na EM José de Anchieta, na Rua Geraldo de Souza, 157, no Jardim Carlos Basso. O Executivo de Sumaré já promoveu três audiências sobre o tema nos dias 7, 8 e 9 de agosto, cujos encontros tiveram grande adesão popular.

PARTICIPAÇÃO

Autoridades, entidades de classe, integrantes de conselhos municipais, organizações da Sociedade Civil, estudantes e a população em geral podem participar. O edital de convocação das audiências foi publicado na edição do dia 20 de julho do Semanário Oficial do Município.

A Audiência será presidida pelo secretário de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão Estratégica, Aparecido Fernandes da Silva, com apresentação sobre “A Importância do Plano Diretor”. E exposição da Proposta do Projeto de Lei de “Revisão do Plano Diretor”, à cargo da arquiteta da secretaria de Planejamento, Mara de Paiva Garzeri.

Os trabalhos serão registrados em ata a cada audiência e, ao final dos trabalhos, assinados pelo presidente, expositora e demais interessados. Todos os participantes deverão registrar a presença, mediante o preenchimento de formulário próprio a ser disponibilizado na entrada da sala onde ocorre a Audiência Pública, com a indicação do nome, endereço, telefone, e-mail e nome da empresa, entidade ou órgão que represente se for o caso.

Os participantes podem enviar sugestões e dúvidas através do e-mail: planejamento@sumare.sp

Prefeitura de Sumaré inicia novo ciclo de Audiências Públicas sobre revisão do Plano Diretor

A Prefeitura de Sumaré, por meio da Comissão Municipal de Revisão do Plano Diretor, inicia nesta segunda-feira (11/09) novo ciclo de Audiências Públicas de apresentação de revisão do Plano Diretor. As audiências seguem na terça-feira (12/09) e quarta-feira (13/09). O Executivo de Sumaré já promoveu três audiências sobre o tema nos dias 7, 8 e 9 de agosto, cujos encontros tiveram grande adesão popular.

Os encontros acontecem em três locais: hoje será na EM (Escola Municipal) D. Augusta Ravagnani Basso, na Rua Aldebaran, 35, no bairro Cruzeiro. No dia 12, o encontro acontece na EM Professora Flora Ferreira Gomes, na Rua Adélia Bellonci Tomazim, 133, Jardim Ângelo Tomazini. E no dia 13, na EM José de Anchieta, na Rua Geraldo de Souza, 157, no Jardim Carlos Basso.

Autoridades, entidades de classe, integrantes de conselhos municipais, organizações da Sociedade Civil, estudantes e a população em geral podem participar. O edital de convocação das audiências foi publicado na edição do dia 20 de julho do Semanário Oficial do Município.

A Audiência será presidida pelo secretário de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão Estratégica, Aparecido Fernandes da Silva, com apresentação sobre “A Importância do Plano Diretor”. E exposição da Proposta do Projeto de Lei de “Revisão do Plano Diretor”, à cargo da arquiteta da secretaria de Planejamento, Mara de Paiva Garzeri.

Os trabalhos serão registrados em ata a cada audiência, ao final dos trabalhos, sendo assinados pelo presidente, expositora e demais interessados. Todos os participantes deverão registrar a presença, mediante o preenchimento de formulário próprio a ser disponibilizado na entrada da sala onde ocorrerá a Audiência Pública, com a indicação do nome, endereço, telefone, e-mail e nome da empresa, entidade ou órgão que represente se for o caso.

Os interessados em participar poderão enviar sugestões e dúvidas através do e-mail: planejamento@sumare.sp.gov.br.

Tigrão é cogitado a candidato do governo em Sumaré

O empresário Gabriel Tigrão é um nome alternativo que vem ganhando força para a sucessão do prefeito de Sumaré, Luiz Dalben (Cidadania). Vice-presidente do partido comandado pela primeira dama, Mara Dalben, Tigrão tem a confiança do prefeito e do deputado Dirceu Dalben.

Tigrão tem histórica dedicação à justiça social e está há anos realizando atendimentos voluntários em Sumaré. Sua bandeira pela justiça social não é apenas uma promessa vazia, mas algo que ele viveu e demonstrou por meio de suas ações.

Esse histórico de serviço, circula nos meios políticos, e comprometimento o diferencia mostrando que ele não apenas entende as necessidades da cidade, mas também está disposto a agir para abordá-las.

Como candidato, diz uma fonte do governo, Tigrão pode oferecer uma liderança inspiradora, fundamentada em valores sólidos e um desejo verdadeiro de tornar Sumaré um lugar melhor para todos.

Pereirinha faz homenagem a Defesa Civil de Sumaré

A Câmara de Sumaré homenageou a Defesa Civil na sessão da última terça-feira (15/08). A Moção Honrosa – proposta pelo vereador José Adilson Pereira dos Santos, o Pereirinha (PSC) – aconteceu em função dos trabalhos prestados pela secretaria no município. A homenagem destacou a coragem dos agentes nos momentos de necessidade da população.

A Defesa Civil de Sumaré trabalha com monitoramento in loco em toda a cidade. As operações verão e estiagem fomentam ações e medidas preventivas, sempre com foco maior nas áreas de risco. Além das vistorias em campo, é realizado o acompanhamento dos índices pluviométricos, tempo seco e previsão meteorológica em uma central de monitoramento 24 horas montada na sede da Defesa Civil Municipal.

Os Ribeirões Quilombo, Jacuba e Tijuco Preto recebem limpezas constantes. Também são realizadas atividades de orientação e conscientização da população, como para evitar descartes irregulares. Além disso, a Secretaria de Serviços Públicos trabalha intensamente no desentupimento de bueiros, a fim de facilitar o escoamento das águas das chuvas. Mais de 60 mil mudas de árvores foram plantadas, recuperando áreas degradadas e deixando a cidade mais verde.

Diante das quedas de temperatura, equipes da Defesa Civil e Fundo Social entregam agasalhos e alimentos para as pessoas em situação de risco resistentes à ida para os abrigos parceiros da Prefeitura.

A cidade criou o PPDC (Plano Preventivo de Defesa Civil), para acompanhamento dos índices pluviométricos, previsão meteorológica, vistorias de campo e alertas da Defesa Civil Estadual.

Desde 2017, a Defesa Civil da cidade recebe diversas capacitações e novos equipamentos. Por intermédio do deputado Dirceu Dalben, a corporação recebeu uma nova viatura para os serviços.

 

Projeto do presidente Hélio Silva torna o ‘Grau’ esporte em Sumaré

A Câmara de Sumaré aprovou em sessão realizada nesta terça-feira (15/08) projeto de Lei de autoria do presidente da Casa, Hélio Silva (Cidadania), que transforma o wheeling (manobras realizadas com motos, conhecida como “Grau” no Brasil) em modalidade esportiva.

Segundo o projeto, a prática deve acontecer em local apropriado e autorizado para shows e competições. “O ‘Grau’ é sim um esporte, uma arte que deve ser valorizada e respeitada. Claro, quando praticado com segurança e em local apropriado como determina a Lei. Existem muitos praticantes em Sumaré e hoje a modalidade foi legalizada por esta Casa”, afirmou Hélio Silva.

O projeto ressalta, em sua justificativa, que a prática do “Grau” em via pública caracteriza infração de trânsito gravíssima. “Isso traz mais importância ainda para o projeto”, explica Hélio.

Sumaré encerra ciclo de audiências sobre o Plano Diretor com anfiteatro lotado

A Prefeitura de Sumaré encerrou nesta quarta-feira (09/08) o ciclo de três Audiências Públicas da Revisão do Plano Diretor com o anfiteatro Dirce P. Dalben, em Nova Veneza, tomado pela população. Na segunda (07/08), a audiência aconteceu na região do Matão e na terça-feira (08/08) na região da Área Cura. Sugestões foram encaminhadas para a Secretaria de Planejamento e a população pôde realizar questionamentos in loco.

Participaram, nas três datas, autoridades, entidades de classe, integrantes de conselhos municipais, organizações da sociedade civil, estudantes e a população em geral. O edital de convocação das audiências foi publicado na edição do dia 20 de julho do Semanário Oficial do Município.

As audiências foram presididas pelo secretário de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão Estratégica, Aparecido Fernandes da Silva, com apresentação sobre “A Importância do Plano Diretor”. E exposição da proposta do Projeto de Lei de “Revisão do Plano Diretor”, ficou a cargo da arquiteta da secretaria de Planejamento, Mara de Paiva Garzeri.

Os trabalhos foram registrados em ata e, ao final dos trabalhos, assinados pelo presidente, expositora e demais interessados. Todos os participantes registraram a presença, mediante o preenchimento de formulário próprio. Os participantes podem enviar sugestões e dúvidas através do e-mail: planejamento@sumare.sp.gov.br.

 

Prefeitura de Sumaré realiza Audiências Públicas de revisão do Plano Diretor nos dias 7, 8 e 9 de agosto

A Prefeitura de Sumaré, através da Comissão Municipal de Revisão do Plano Diretor, promove nos próximos dias 7, 8 e 9 de agosto as Audiências Públicas de apresentação de revisão do Plano Diretor. Os encontros acontecem em três locais. No dia 7, na EMEI Jardim Lúcia, localizada na Avenida Emilio Bosco, nº 965, com início às 18h. No dia 8, o encontro acontece na EMEF Anália de Oliveira Nascimento, localizada na Rua Maria Conceição da Rocha Ferraz, nº 565, Jardim Bom Retiro, às 18h. E no dia 9, no Auditório do Centro Administrativo de Nova Veneza, localizado na Avenida Brasil, nº 111, Nova Veneza, com início às 18h.

Autoridades, entidades de classe, integrantes de conselhos municipais, organizações da Sociedade Civil, estudantes e a população em geral podem participar. O edital de convocação das audiências foi publicado na edição do dia 20 de julho do Semanário Oficial do Município.

A Audiência será presidida pelo secretário de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão Estratégica, Aparecido Fernandes da Silva, com apresentação sobre “A Importância do Plano Diretor”. E exposição da Proposta do Projeto de Lei de “Revisão do Plano Diretor”, à cargo da arquiteta da secretaria de Planejamento, Mara de Paiva Garzeri.

Os trabalhos serão registrados em ata a cada audiência, ao final dos trabalhos, sendo assinados pelo presidente, expositora e demais interessados. Todos os participantes deverão registrar a presença, mediante o preenchimento de formulário próprio a ser disponibilizado na entrada da sala onde ocorrerá a

Audiência Pública, com a indicação do nome, endereço, telefone, e-mail e nome da empresa, entidade ou órgão que represente se for o caso.

Os interessados em participar poderão enviar sugestões e dúvidas através do e-mail: planejamento@sumare.sp.

Câmara aprova reserva de terreno para moradias populare

A Câmara de Paulínia retomou as sessões ordinárias, nesta terça-feira (1º/8), e aprovou alienação de uma área pública para moradias populares. O imóvel fica próximo ao residencial Pazetti e deverá sediar programas habitacionais do governo federal.

As construções deverão seguir critérios da Secretaria Municipal de Planejamento e Controle Urbano. O texto foi apresentado pela Prefeitura e entrou na pauta em regime de urgência. Por isso, os vereadores suspenderam a 24ª Sessão Ordinária para discutir o tema.

No retorno, muitos usaram a palavra para elogiar o retorno da política de moradia na cidade.

Outra proposta aprovada busca isentar taxa de concurso público para doadores de sangue e medula óssea. Eles ainda podem ter direito à meia entrada em eventos culturais, artísticos e esportivos, caso seja sancionado o projeto do vereador Fábio da Van (Cidadania).

O Plenário também aprovou o programa Acessibilidade Digital e o uso de tecnologia assistiva. Segundo o autor, vereador Alex Eduardo (Solidariedade), o objetivo é que a administração pública e estabelecimentos privados e comerciais garantam acesso de pessoas com deficiência a serviços e produtos oferecidos de forma eletrônica.

Assim, as esferas pública e privada deverão ter informações claras para esse público em sites e aplicativos, além de capacitar colaboradores para prestar atendimento inclusivo.